O que é Núcleo de Segurança do Paciente (NSP)?

De acordo com a RDC n° 36/2013, o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) é “a instância do serviço de saúde criada para promover e apoiar a implementação de ações voltadas à segurança do paciente”.

Tendo em vista o caráter estratégico da segurança do paciente, é aconselhável que os NSPs estejam vinculados diretamente à direção e que tenham uma agenda periódica com setores assistenciais (direção técnica assistencial, de enfermagem e farmacêutica) e não assistenciais (engenharia hospitalar, compras, serviço de higiene e limpeza e hotelaria).

A direção é responsável pela nomeação e composição do NSP, conferindo aos seus membros autoridade, responsabilidade e poder para executar as ações do Plano de Segurança do Paciente (PSP).

Com implementação do NSP as instituições de saúde poderão:

1 – Prevenir, monitorar e reduzir a incidência de eventos adversos nos atendimentos prestados, promovendo melhorias relacionadas à segurança do paciente e a qualidade em serviços de saúde;

2 – Promover a articulação dos processos de trabalho e das informações que impactem nos riscos ao paciente;

3 – Disseminar sistematicamente a Cultura de Segurança;

4 – Garantir boas práticas de funcionamento do serviço de saúde dentro de seu âmbito de atuação.

Referências

1 – Brasil, Ministério da Saúde. Resolução de Diretoria Colegiada – RDC nº 36, de 25 de julho de 2013. Ações para a promoção da segurança do paciente e a melhoria da qualidade nos serviços de saúde. 2013 Julho.

2 – Brasil. Implantação do Núcleo de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde – Série Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde (GVIMS); 2016

3 – Ahmed HAM, Aziz EA, Fathy Y. Perception of Patient Safety, Quality Improvement and Nursing Errors Issues among Undergraduate Nursing Students in Faculty of Nursing, Alexandria University, Egypt. Journal of Nursing and Health Science. 2017 Junho: p. 83-95.

Ana Carolina Cardoso Dantas —

  • Enfermeira, Mestranda em Segurança do Paciente pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein.
  • Gestora da Qualidade em Saúde pela Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein.
  • Avaliadora da Organização Nacional de Acreditação – ONA.
  • Especialista em Oncologia e Tratamento Antineoplásico pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP.

Expertise em elaboração, implantação e reestruturação de processos de gestão da qualidade, segurança do paciente, planejamento estratégico, gestão clínica e administrativa de serviços de saúde.